Bolívia cria imposto para os 152 mais ricos do país


Imposto será anual e permanente para todos que viverem no país latino, incluindo estrangeiros. Luis Arce, à direita, e o vice David Choquehuanca tomaram posse em cerimônia realizada neste domingo (8) em La Paz
Jorge Mamani/AP Photo
O presidente da Bolívia, Luis Arce, promulgou nesta segunda-feira (28) um imposto sobre as fortunas superiores a 30 milhões de bolivianos, ou US$ 4,3 milhões, que irá atingir 152 pessoas.
Arce, no poder desde novembro, anunciou no Twitter que, “para a redistribuição da riqueza na Bolívia, promulgamos a Lei 1357 de Imposto sobre as Grandes Fortunas, que será aplicado àqueles que possuem um patrimônio superior a 30 milhões de bolivianos”, assinalando que “o benefício chegará a milhares de famílias bolivianas”.
O presidente assinou a norma, aprovada nos últimos dias pelo Congresso, controlado pelo governante Movimento ao Socialismo (MAS) por ampla maioria. A lei estabelece porcentagens graduais para o pagamento da alíquota: 1,4% para pessoas com riqueza de 30 milhões a 40 milhões de bolivianos; 1,9%, de 40 milhões a 50 milhões; e 2,4% para fortunas maiores.
O imposto será anual e permanente para todos que viverem na Bolívia, incluindo estrangeiros. A medida se aplica a pessoas naturais residentes no país que tiveram uma permanência na Bolívia por mais de 183 dias nos últimos 12 meses.
O ministro da Economia, Marcelo Montenegro, explicou que “as taxas efetivas estão dentro da média dos parâmetros de outras economias da região que aplicam um imposto semelhante, e a confidencialidade sobre as pessoas afetadas é mantida”.
A autoridade da área econômica estimou previamente que seriam arrecadados cerca de 100 milhões de bolivianos com a nova norma. Partidos opositores e empresários fizeram observações sobre o imposto, que consideram um desestímulo aos investimentos.
Vídeos: Últimas notícias de economia

Ultimas notícias

Cidade de São Paulo entra em fase vermelha a partir desta sexta, às 20h

Após novas discussões no Palácio dos Bandeirantes, o governador João Doria decidiu impor restrições mais severas à Grande São Paulo, incluindo a capital paulista....

Casal preso por matar personal trainer a facadas vai passar por exame de insanidade mental, diz advogado

Andressa Serantoni, de 28 anos, foi morta com mais de 30 facadas em São José do Rio Preto...

País das carteiradas inventa o fura fila da vacina contra o vírus

Sabe com quem fala? Se souber, denuncie, mas não estranhe o fato de que num país com tamanha concentração de renda os privilégios sejam invocados...

Polícia Federal investiga desvio de verba para educação infantil em São Paulo

Mais de 80 agentes da Polícia Federal e Receita voltaram suas atenções a unidades de centro de educação infantil. A operação Day Care aconteceu...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com