Ex-comandante da PM de Petrópolis, RJ, e esposa morrem em acidente na BR-267, em MG


Coronel Marcelo Bernardo e a esposa Daniele estavam um dos carros envolvidos na colisão neste domingo (27) e morreram no local. Perfil do CPROEIS publicou nota de pesar após falecimento do coronel Marcelo Bernardo e da esposa dele, Daniele, em acidente na BR-267 em Minas Gerais
Reprodução/Facebook
O ex-comandante do 26º batalhão da Polícia Militar, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, morreu neste domingo (27) em um acidente de carro na BR-267, em Minas Gerais. Coronel Marcelo Bernardo estava com a esposa no momento do acidente e os dois morreram no local.
De acordo com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, outras três pessoas, que estavam em um outro carro, ficaram feridas. Duas delas com ferimentos graves e uma com lesões leves.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os dois carros bateram de frente no km 80 da via.
Coronel Bernardo esteve à frente do 26º batalhão comandante no período de 16 de janeiro 2019 a 30 de janeiro 2020.
Atualmente ele exercia o cargo de Comandante da Academia de Polícia Militar Dom João VI. O oficial tinha 49 anos e ingressou na Corporação em 1993. A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro informou que o Comando da Corporação está prestando todo apoio à família.
A atual comandante do 26º batalhão, Tenente-coronel Simone Almeida, emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do militar.
“A PM perde um grande comandante no auge da carreira e nós, do 26º BPM, perdemos um amigo. Petrópolis sentirá saudades. Que seu exemplo fique guardado na memória de cada um que teve o prazer de servir sob seu comando”, disse a comandante.
A página da Coordenadoria do Programa Estadual de Integração na Segurança também publicou uma mensagem após a morte do casal.
“A morte leva fisicamente a pessoa, mas jamais pode roubar ou apagar a memória de quem foi em vida. Força aos amigos, quem é amado e lembrado jamais desaparece completamente. Descansem em paz Coronel Marcelo Bernardo e Daniele, muito obrigado por tudo que foi feito pela nossa polícia militar do RJ”, diz a publicação.
O sepultamento do coronel está previsto para as 15h45 desta segunda-feira (28), no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na capital fluminense.

Ultimas notícias

O voto e a fraude – por  Gustavo Krause

A Lei Etelvino Lins de 15/08/1974 proibia o “fornecimento de transportes ou refeições aos eleitores da zona urbana”. Dificultava o abastecimento dos “currais eleitorais”....

Líderes do Congresso vão propor mudanças na política de incentivo fiscal

A saída da Ford do país levou um grupo de líderes da Câmara a começar a construção de um projeto para mudar a politica...

Os horizontes turvos da democracia – por Gaudêncio Torquato

O tema já frequenta foros avançados da democracia: a influência da tecnologia e da inteligência artificial na política. O pressuposto é o de que...

Sob ameaça de prisão, Navalny volta à Rússia

  Um dos mais conhecidos opositores do presidente da Rússia, Vladimir Putin, o ativista Alexey Navalny retorna ao país natal neste domingo (17), sob ameaça...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com