O cessar-fogo entre Marinho e Guedes está, enfim, selado no governo

Os ministros da Economia, Paulo Guedes, e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, vêm, finalmente, se dando bem. Os dois frequentaram solenidades públicas, cumprimentaram-se cordialmente, trocaram elogios aos trabalhos recíprocos e trataram de assuntos interessantes ao governo nos encontros entre os dois. O clima amistoso se deu depois que Marinho se comprometeu “ficar embaixo do mesmo teto” dos outros ministérios e respeitar o teto de gastos, não promovendo gastos acima do Orçamento já previsto, corrigido pela inflação.

Taxado de “fura-teto” por Guedes em meados do meio do ano, Marinho é a favor de que tal medida seja rediscutida, mas não agora, mais precisamente após as eleições de 2022. Com “panos quentes” na relação, Guedes tem repetido a auxiliares que tem o compromisso de Marinho em relação à medida, considerada primordial pelo chefe da Economia para a reestruturação das contas públicas do país na próxima temporada. O ano não foi fácil para a relação dos dois. Com o assunto puxado para debaixo do tapete, é possível que a paz reine na segunda parte do mandato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que chegou a se mostrar profundamente irritado com a intriga entre seus ministros.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Ultimas notícias

Carlinhos Maia diz que foi convidado para tomar vacina e governo de Alagoas desmente

O influenciador digital Carlinhos Maia chamou atenção nas redes sociais ao dizer nesta segunda-feira, 18, que foi convidado para ser vacinado após a Anvisa...

Enquanto Manaus agoniza, senador Telmário Mota promove festa em Roraima com mais de 2 mil pessoas

Você conhece o cidadão brasileiro chamado Telmário Mota. Não, ele não é um cidadão comum. É de Roraima. Telmário Mota é senador no país...

WhatsApp já tem acesso à dados que agora pede autorização

A revisão dos termos de uso do WhatsApp vem provocando reações negativas de seus usuários. Prevista inicialmente para entrar em vigor em 8 de...

Eletrobras e Equatorial investem R$ 386 mi para levar luz a Marajó (PA)

A subsidiária da Eletrobras, a Eletronorte, e a distribuidora de energia Equatorial Pará, vão investir 386 milhões de reais para levar luz a todos...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com