Entusiasta de Trump, Eduardo Bolsonaro se cala sobre invasão ao Capitólio

Assunto principal no mundo todo, a invasão de apoiadores do presidente Donald Trump ao Congresso dos Estados Unidos nesta quarta-feira, 6, foi “esquecida” pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ). Ele é o maior entusiasta de Trump entre o clã e, por pouco, não assumiu a Embaixada do Brasil em Washington.

Eduardo também é o presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados. Até as 15h desta quinta-feira, 7, ele havia feito postagens sobre outros temas, mas não havia escrito nenhum comentário sobre o episódio no Twitter, a rede social preferida da família.

O detalhe é que Eduardo esteve esta semana com Ivanka Trump, filha do presidente americano, no escritório dela, na Casa Branca. Foi acompanhado da mulher, Heloisa, e da filha de dois meses, Geórgia – por ironia, é o nome de um estado americano que, embora seja reduto republicano, deu vitória ao democrata Joe Biden na eleição presidencial. Como se sabe, o clã Bolsonaro é grande apoiador de Donald Trump. O presidente, inclusive, foi um dos últimos líderes mundiais a reconhecer a vitória de Biden sobre Trump.

Os irmãos de Eduardo, o senador Flávio Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro, também mantiveram silêncio sobre o tema. Na quarta-feira, 6, quatro pessoas morreram e 52 foram presas em Washington depois que apoiadores de Trump, insuflados por seus discursos, invadiram o Capitólio para impedir que o Congresso certificasse a vitória de Joe Biden, a última etapa antes da posse dele, no próximo dia 20, como presidente dos Estados Unidos.

O presidente Jair Bolsonaro reiterou seu apoio a Trump ao ser questionado por apoiadores sobre a invasão ao Capitólio. Mas o presidente não disse diretamente sua opinião sobre o ocorrido. “Eu acompanhei tudo. Você sabe que eu sou ligado ao Trump. Você sabe da minha resposta. Agora muita denúncia de fraude, muita denúncia de fraude. Eu falei isso um tempo atrás, a imprensa falou: ‘Sem provas o presidente Bolsonaro falou que foram fraudadas as eleições americanas’”, afirmou.

Continua após a publicidade

Ultimas notícias

Perito criminal da Politec morre aos 67 anos por complicações da Covid-19 em MT

Ele também era professor e ex-secretário de educação e planejamento de Tangará da Serra. Perito criminal Adavilso Aparecido...

Após Anvisa autorizar uso emergencial das vacinas contra Covid-19, governador do AC embarca para buscar primeiro lote

Informação foi confirmada pela assessoria do governo e viagem ocorre ainda neste domingo (17). Governador Gladson Cameli...

Cilindro de oxigênio que tinha sido desviado de maternidade em Oriximiná, no Pará, é recuperado pelo prefeito em oficina

Elemento químico estava sendo usado para soldar máquinas. Cilindro foi levado para o Hospital Municipal. Cilindro de O²...

Hospital das Clínicas, em SP, o cenário do início da vacinação no Brasil

O plano de João Doria para ser o responsável pelo início da vacinação no Brasil estava pronto desde sexta-feira. Com a reunião da Anvisa...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com