Ativista dos movimentos cultural e negro em Salvador, Manoel Pereira, morre vítima de complicações da Covid-19


Ele estava se recuperando em casa após ter contraído a doença, mas apresentou complicações e faleceu na tarde de segunda-feira (11), aos 67 anos. Manoel Pereira morreu vítima de complicações respiratórias causadas pela Covid-19.
Reprodução/Instagram
O ativista cultural e chef de cozinha Manoel Pereira, dono de um dos restaurantes mais tradicionais no Pelourinho, morreu na segunda-feira (11), aos 67 anos, em Salvador. Ele foi mais uma vítima de complicações causadas pela Covid-19. A informação foi confirmada pelo filho dele, Fabricio Pereira, e divulgada pelo perfil do estabelecimento em uma rede social.
Manoel tinha 67 anos, sofria de diabetes e estava em casa se recuperando da doença. No entanto, apresentou problemas respiratórios e necessitou ser entubado, mas foi atingido por uma parada cardiorrespiratória e faleceu na tarde de segunda-feira.
“É com muito pesar que informamos sobre a morte do nosso pai, mentor, chef, amigo e companheiro de jornada, Manoel Pereira. A sua morte nos pegou de surpresa e o levou de nós repentinamente. Neste momento de dor e consternação, só nós cabe pedir a Deus que lhe ilumine e lhe dê paz. Deixará muitas saudades, sempre amigo, brincalhão, gozador, contador de piadas. Assim será lembrado”, diz a publicação.
Ele era petroquímico e deixou a área industrial para se dedicar ao restaurante há 25 anos, sempre frequentado por ativistas culturais e do movimento negro, com os quais ele era engajado, no centro de Salvador. Manoel chegou a ser convidado para uma participação na Flipelô 2020, que aconteceu entre os dias 10 e 13 de dezembro, mas não pôde participar por ter contraído a doença.
Manoel Pereira era casado, deixa três filhos e quatro netos.
Initial plugin text
Veja mais notícias do estado em G1 Bahia.
Assista aos vídeos do Bahia Meio Dia

Ultimas notícias

Bruno Gagliasso detona Bolsonaro: ‘Você vai cair porque você é um merda’

O ator Bruno Gagliasso fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro devido à preocupante situação enfrentada em Manaus pela falta de cilindros de oxigênio...

Corpo de PM desaparecido é achado em cemitério clandestino usado por facção criminosa em SP

Bruno de Oliveira Gibertoni, de 30 anos, foi visto pela última vez na madrugada de terça-feira (12). Corpo...

China doará um milhão de doses de vacinas ao Camboja

A vacina enviada será a Coronavac, do laboratório Sinovac, que também é produzida em São Paulo em parceria...

Gusttavo Lima posta envio de oxigênio de Goiânia para pacientes com Covid-19 em Manaus

Cantor disse em rede social que avião com 150 cilindros deve pousar na capital do Amazonas ainda neste...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com