Presidente da Caixa é o 4º membro de comitiva a testar positivo para Covid

O presidente da Caixa Econômica Federal , Pedro Guimarães, recebeu diagnóstico de Covid-19. A informação foi dada pelo presidente Jair Bolsonaro, em uma rede social neste domingo, 26, e posteriormente confirmada pelo executivo. Guimarães esteve na comitiva que acompanhou Bolsonaro em Nova York, para a participação na Assembleia-Geral a ONU.

Com o diagnóstico de Guimarães, chega a quatro o número de integrantes da comitiva que testaram positivo para a Covid-19. Além de Guimarães, estão positivados o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e um funcionário do cerimonial do Planalto.

Em publicação no Facebook em que contou sobre o diagnóstico do presidente do banco estatal, Bolsonaro, que declara não ter se vacinado, afirmou que Guimarães estava vacinado com as duas doses de Pfizer. O presidente afirmou ainda que o subordinado está bem e medicado. Também neste domingo, Bolsonaro afirmou que testou negativo para Covid-19. O presidente cumpre isolamento conforme orientação da Anvisa após o diagnóstico de Queiroga. A primeira-dama Michelle Bolsonaro, que acompanhou presidente a Nova York, informou neste domingo que seu resultado também deu negativo.

Em outra rede social, Guimarães confirmou o diagnóstico, e afirma que ficará em quarentena. “Informo a todos que testei positivo para COVID-19. Ficarei em quarentena seguindo todos os protocolos médicos. Já tomei as duas doses de vacina e comecei a tomar os remédios do protocolo. Também estava em isolamento desde quando chegamos dos EUA, na 4f de manhã”, escreveu o presidente da Caixa. “Na 2f passada realizei um teste e o resultado foi negativo. Não estou com nenhum sintoma e continuarei trabalhando daqui de casa. Um abraço e obrigado pelas mensagens”, acrescentou.

 

Ultimas notícias