Três vítimas de queda de avião em MT recebem alta de hospital e um continua internado após cirurgia


George da Costa Melo, de 39 anos, foi transferido do HMC para um hospital particular. Os demais colegas já se recuperaram dos ferimentos e foram liberados. Avião ficou destruído após queda em Poconé (MT)
Corpo de Bombeiros
Três pessoas que estavam no avião que caiu em Poconé, a 103 km de Cuiabá, na manhã de domingo (8), receberam alta médica nesta segunda-feira (9). A quarta vítima, o médico George da Costa Melo, de 39 anos, passou por uma cirurgia e continua internado.
O grupo foi para a região de Poconé para pescar neste fim de semana, no entanto, por causa da falta de combustível, a aeronave caiu e os quatro foram encaminhados com ferimentos a unidades de saúde.
George Melo continua internado em Cuiabá
Facebook/Reprodução
De acordo com a equipe de resgate que os atendeu, a situação mais grave é a de George. Ele teve um corte na região da barriga e fratura exposta no ombro no momento da queda.
Ainda nesse domingo, o médico passou por uma cirurgia no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Já nesta segunda-feira foi transferido para um hospital particular.
Bombeiros socorreram vítimas de queda de avião em MT
Corpo de Bombeiros
Queda da aeronave
Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto contou que saiu de Porto Jofre sentido Cuiabá, no entanto, após decolar, percebeu que faltava combustível e tentou voltar para Poconé. Ele ainda tentou fazer um pouso forçado, mas a aeronave acabou caindo e teve a frente destruída devido ao impacto.
Um trabalhador da região disse que viu o momento da queda. Segundo ele, o piloto conseguiu desviar do barracão de uma mineradora da região, mas acabou batendo em um barranco.
Essa foi a a terceira queda de aeronave que os bombeiros atenderam em Poconé neste ano.

Ultimas notícias