Em manifesto, jogadores da seleção se dizem contra a Copa América, mas confirmam participação

Depois de muito suspense, os jogadores da seleção brasileira se manifestaram sobre a realização da Copa América no Brasil. Como anunciado por Casemiro na última sexta-feira, 4, o time só iria se posicionar após o término da rodada das Eliminatórias e logo após a vitória por 2 a 0 contra o Paraguai, uma nota foi publicada no perfil do Instagram do capitão. No documento os atletas se dizem contra a realização do torneio no Brasil por “diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional”. Em um trecho é ressaltado que “em nenhum momento quiseram tornar essa discussão política” e dizem que estão presentes nas redes sociais e acompanham os debates da sociedade. Mesmo assim, são “trabalhadores e profissionais do futebol” e irão disputar a competição. Como dito por Casemiro e por Marquinhos no pós-jogo desta terça-feira, há uma hierarquia e ela seria respeitada. O Brasil estreia na Copa América no domingo, dia 11, contra a Venezuela no Mané Garrincha.

Confira abaixo a íntegra do manifesto dos jogadores:

“Quando nasce um brasileiro nasce um torcedor. E para os mais de 200 milhões de torcedores escrevemos essa carta para expor nossa opinião quanto a realização da Copa América. Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil. Todos os fatos recentes nos levam a acreditar em um processo inadequado em sua realização.

É importante frisar que em nenhum momento quisemos tornar essa discussão política. Somos conscientes da importância da nossa posição, acompanhamos o que é veiculado pela mídia e estamos presentas nas redes sociais. Nos manifestamos, também, para evitar que mais notícias falsas envolvendo nossos nomes circulem à revelia dos fatos verdadeiros. Por fim, lembramos que somos trabalhadores, profissionais do futebol. Temos uma missão a cumprir com a histórica camisa verde e amarela pentacampeã do mundo. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira”

Ultimas notícias

3 Livros que você tem que ler o quanto antes

É claro que as opiniões que temos acerca da leitura de um livro é algo extremamente pessoal, afinal, a vivência de cada...

Globo se posiciona após padre chamar casal de repórteres de ‘viadinhos’

Após viralizar uma declaração de amor que o repórter Erick Rianelli fez ao vivo ao também repórter Pedro Figueiredo, o casal passou a ser...

Sucesso dos anos 1990, o bichinho virtual Tamagotchi renasce

Há muito tempo, numa galáxia nem tão distante assim, nos idos dos anos 1990, sem smartphones, sem redes sociais, em que os videogames só...

Palmeiras não entra em acordo com o Verona, e Alan Empereur deixa o clube

O Palmeiras não entrou em acordo com o Hellas Verona, da Itália, pela renovação do empréstimo do zagueiro Alan Empereur. Dessa forma, o defensor,...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com