Maior jogador da história da NFL, Tom Brady enfrenta seu sucessor Patrick Mahomes no Super Bowl LV

A magia do esporte é desfrutar da jornada de atletas fora de série. Na decisão do futebol americano neste domingo, 07, será possível acompanhar dois desses astros em campo. Tom Brady (Tampa Bay Buccaneers) e Patrick Mahomes (Kansas City Chiefs) farão duelo dos quarterbacks mais cobiçados na NFL. Dono de seis anéis de campeão e indo para a sua décima decisão de título, Brady, 43, é considerado um dos maiores jogadores da história da modalidade e, mesmo estando em forma, inspira questionamentos sobre até quando irá atuar. Atual campeão e duas vezes finalista em três anos como profissional, Mahomes, 25, é considerado o presente e o futuro da posição de QB e tem encantado os fãs do esporte mais popular dos Estados Unidos. Mas quem deve levar a melhor? Para Pedro Albuquerque, do Fumble na Net, a maior rede de podcasts sobre esportes americanos do Brasil, é 50% a 50% em questão de elenco.

“O time de Tampa Bay tem uma defesa muito consistente e que consegue fazer pressão no quarterback adversário, tem a melhor dupla de linebackers da NFL, uma secundária muito boa e uma linha defensiva extremamente forte. Então, acho que a defesa de Tampa é um fator chave para a partida. Kansas tem um ataque extremamente explosivo, uma linha ofensiva muito sólida e um jogo terrestre que não aparece muitas vezes, mas, quando aparece, consegue fazer estrago. Tem um dos melhores weide receivers e o melhor tight rend da liga, que é o Travis Kelce. Promete ser um jogo bem equilibrado”, adianta o jornalista. Mas é claro que a experiência pode falar mais alto e decidir a partida.

“Meu favorito é o Tampa Bay. Acho que o Tom Brady é o maior jogador do futebol americano e, em todos os momentos decisivos em que ele precisou aparecer, mostrou paciência, frieza e poder de decisão. Aquilo que você espera de um quarterback, de um xerife, ele faz. Ele é um veterano que está acostumado a isso. É um duelo equilibrado, mas a experiência deve se sobressair ao Kansas. Acho que além de vencer o Super Bowl por uma outra equipe, vai ser o primeiro cara a vencer o Super Bowl em casa (decisão será em Tampa, na Flórida). Só o Tom Brady pra fazer uma coisa dessas”, disse.

Como chegam os quarterbacks para a final?

Tom Brady, também conhecido como marido da Gisele Bündchen, defendeu o New England Patriots por 20 anos, conquistando seis títulos de Super Bowl nesse período e chegando a nove finais. E mesmo com uma carreira brilhante, aos 43 anos ele precisou se desafiar para provar sua qualidade. “Ele saiu de New England para o Tampa Bay muito para provar que ele não era só um jogador do Bill Belichick (técnico do Patriots), algo que sempre foi falado na mídia. E ele conseguiu fazer isso e se provou sozinho. Ele sabe jogar jogos decisivos. Na hora H, sempre aparece”, explica Pedro.

Já Mahomes chega para o duelo como um postulante a roubar o trono de Brady. “O Mahomes é a atual geração dos grandes quarterbacks. Ele já foi MVP, já venceu um Super Bowl, já foi MVP do Super Bowl, tem o maior contrato da história dos esportes americanos, mais de R$ 2,7 bilhões para ficar dez anos em Kansas City. É realmente um fenômeno. É algo que não vemos todos os dias. Tinha muito expectativa sobre ele, por ter sido uma aposta alta no draft. Ele foi para um time que já tinha um quarterback bom (Alex Smith), que vinha de uma temporada boa. E, desde quando assumiu a titularidade, se mostrou o melhor QB da liga. Nos últimos 20 anos, desde a chegada do Brady, nenhum jogador chegou com tanta pompa na NFL como ele”, compara.

Brady é o maior atleta de todos os tempos?

Existe uma polêmica sobre Tom Brady ser o maior atleta de todos os tempos, à frente de Pelé, Michael Jordan, Usain Bolt, Michael Phelps, entre outros. A afirmação vai muito dos títulos que ele conquistou, mas também considera sua longevidade. Porém, nem todo mundo concorda com essa análise. “Ele é colocado nesse posto porque, dentro do futebol americano, é de fato o melhor atleta. Mas se for analisar longevidade, alguns russos e canadenses no hóquei do gelo, ou Alex Garcia, que atua há 20 anos no beisebol, deveriam entrar nessa lista também. Mas tem aquilo, para o americano, o dele é sempre o maior e melhor do mundo. Acho que se for escolher dentro de cada modalidade é fácil não colocar ele como o maior da história do futebol americano”, afirmou.

Há ainda um outro porém. “Para alguns, o Buffon pode ser considerado o melhor jogador de todos os tempos do futebol, mas, como ele é um goleiro, não tem todo aquele prestígio que os atacantes têm. No futebol americano, em que há três times em campo (defesa, ataque e especiais), acho muito complicado fazer essa comparação de o maior jogador de todos os tempos, porque dá para pegar caras de defesa que tiveram uma carreira absurda, como Ed White e Lawrence Taylor, que jogou muito nos anos 1980 e é considerado o melhor jogador de defesa da história. Então, é muito complicado, porque, dentro da modalidade já tem uma discussão”, finalizou o jornalista.

Ultimas notícias

Fogo no parquinho! ‘Jogo da Discórdia’ tem discussão ríspida entre João e Projota

Nesta segunda-feira, 1º, rolou o ‘Jogo da Discórdia‘ no Big Brother Brasil depois da formação do paredão entre Projota, Arthur e Lumena, e diversas...

Modelo brasileira Dayane Mello fica em 4º lugar no ‘Big Brother’ da Itália

A brasileira Dayane Mello, que disputava o ‘Big Brother‘ Itália, ficou em 4º lugar na grande final nesta segunda-feira, 1º. A modelo ganhou apoio do...

Google cria programa de treinamento para mulheres

O Google abriu as inscrições para o Google para Mulheres, projeto de treinamento e capacitação que busca mulheres que queiram desenvolver suas carreiras ou...

BBB 21: Juliette supera famosos e é a 3ª participante mais popular no Instagram

Desde a edição de 2020, o Big Brother Brasil mudou sua configuração original e passou a ter seu elenco de participantes composto por ‘Pipoca’...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com