Novo Bolsa Família chega ao Congresso sem valor definido

O governo Bolsonaro entregou ao Congresso a Medida Provisória que reorganiza programas sociais no Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família. Considerado como um programa eleitoreiro, a proposta chegou sem proposta de valor definido, ou seja, nem dá para fazer contas sobre o impacto no Orçamento e no teto de gastos. O ministro da Cidadania, João Roma, disse que os valores só serão definidos em setembro. O presidente Jair Bolsonaro disse que tem que pelo menos ter 50% de reajuste, o que daria cerca de 284 reais, menos que os 300 reais que o presidente falava. Bolsonaro chegou a insinuar recentemente que poderia ser de 400 reais. 

Ultimas notícias