Uso problemático do smartphone pode deteriorar saúde mental

Qual a primeira coisa que você faz quando acorda? Muitas pessoas vão responder: pegar o celular – seja para checar as mensagens no WhatsApp, as últimas atualizações das redes sociais ou só para desligar o despertador mesmo. A tecnologia está cada vez mais presente em nossas vidas e pode facilitar muitas tarefas do dia a dia. Mas seu uso – como tudo, né? – exige equilíbrio. Há pouco tempo falei por aqui sobre os índices elevados de depressão e ansiedade entre os brasileiros. Um relatório da OMS mostrou que o Brasil é o país com maior prevalência de transtornos de ansiedade (9,3%) e tem a segunda maior taxa de depressão (5,8%) no continente americano.

Alguns estudos científicos indicam que o uso excessivo de smartphones não só é ineficaz como pode piorar a depressão e a ansiedade.  Mas por que que isso acontece? Pois algumas pessoas que sofrem desses transtornos recorrem ao celular para aliviar ou até mesmo escapar de emoções negativas. Acontece que os sentimentos negativos, a solidão e o estresse vão continuar, a menos que você procure meios de enfrentá-los ou ajuda de um profissional de saúde para tratá-los. Além disso, ficar muito tempo conectado pode atrapalhar a qualidade do sono, provocando mais depressão, irritabilidade e estresse, criando um ciclo vicioso, sem contar que alguns jogos e redes sociais podem te deixar dependente!

Então que tal diminuir um pouco o tempo que você passa usando seu smartphone?  Não estou dizendo para deixar de usá-lo, apenas diminuir!  Em casa, tente aproveitar mais a companhia da família e, durante as refeições, peça que seus familiares deixem seus celulares de lado. Em vez do tempo no smartphome, aproveite para se organizar, fazer alguma atividade física ou pra fazer algo que te dê prazer.  E o mais importante, tenha em mente que, em geral, o que está sendo postado ali, todo aquele glamour, são os momentos alegres que as pessoas querem que vejamos. A vida real é bem diferente daquilo. No fundo, todos temos dias bons e dias difíceis, mas vida é um presente e a gente tem mais é que aproveitar e seguir em frente!

Se você tiver uma pergunta ou quiser sugerir algum tema, escreva para mim no Instagram @dra.camilamagalhaes ou no e-mail [email protected] Até a próxima!

Ultimas notícias

Fintech que opera no Brasil desde outubro ganha aporte de R$ 210 milhões

A fintech australiana Stake acaba de receber um aporte de 210 milhões de reais para financiar seu processo de expansão global. A empresa, que desembarcou...

Robinson Shiba, fundador do China in Box, reaparece mais de dois anos após acidente

O empresário Robinson Shiba, fundador do China in Box e Gendai, reapareceu publicamente no domingo, 16, pela primeira vez após um acidente de moto...

Viúva de MC Kevin conta por que brigou com o cantor antes do acidente

A advogada Deolane Bezerra, viúva do cantor MC Kevin, fez um discurso no velório do funkeiro, que foi aberto ao público e aconteceu nesta...

Flordelis aparece cantando e brincando ao lado de influencer no RJ: ‘Para fazer o povo rir’

A deputada Flordelis, apontada pela polícia como mentora da morte do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, no ano de 2019, voltou a...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com