Aplicativo proíbe fotos editadas para incentivar usuários a serem mais autênticos

Facebook e Instagram, abram espaço. Existe um aplicativo de compartilhamento de fotos mais recente, e não é como as outras plataformas de mídia social.

O programa é chamado BeReal. E embora você não tenha ouvido falar dele ainda, muitos jovens já estão usando. Os usuários mensais ativos dispararam este ano em mais de 315%, de acordo com dados da Apptopia, que rastreia e analisa o desempenho de aplicativos.

A CNN entrou no aplicativo e conversou com os usuários para entender melhor como o BeReal funciona e o que você precisa saber sobre ele.

Então, o que é BeReal?
BeReal é um aplicativo de mídia social que incentiva os usuários a compartilhar uma parte de sua vida em tempo real. Ele foi lançado no início de 2020 por um empresário na França, mas a maioria de seus usuários – pelo menos 65% – entraram no app este ano.

Como o próprio nome sugere, o foco está na autenticidade. Os usuários são convidados uma vez por dia a compartilhar uma foto do que estão fazendo naquele momento, dando a amigos e outras pessoas uma visão clara de suas vidas.

Não tem filtros nem botões de edição. Então, se seu cabelo estiver uma bagunça naquele momento e sua visão for de um estacionamento chuvoso, é isso que as pessoas irão ver.

O resultado está muito longe das fotos polidas e excessivamente filtradas que são populares em outras plataformas de mídia social.

Como funciona?
O conceito do BeReal é simples. Depois de baixar o aplicativo, você recebe uma notificação uma vez por dia de que é hora de “BeReal” (ser real, na tradução livre). Isso significa que você tem dois minutos para tirar e postar uma foto do que está fazendo, não importa o quão comum seja.

Não há uma hora definida, a notificação vem em horários aleatórios do dia, aumentando a mística do aplicativo.

“As notificações são enviadas ao redor do mundo simultaneamente em horários diferentes todos os dias”, disse a empresa em nota. “É um segredo sobre como o horário é escolhido todos os dias, não é aleatório”.

Isso significa que a janela potencial que mostra sua vida pode se abrir a qualquer momento. Quando isso acontece, o aplicativo convida você a tirar uma foto do que está fazendo naquele momento. Ele tira uma foto dupla – uma selfie e outra mostrando o que está na sua frente. (O BeReal ainda não permite vídeos).

O resultado é um feed social cheio de fotos não editadas de pessoas fazendo principalmente coisas do cotidiano e sem glamour – descansando de pijama, fazendo lição de casa, andando de ônibus, esquentando o jantar no microondas.

Com apenas uma postagem por dia, não há milhões de fotos de amigos para passar sem pensar. Você só pode ver as postagens dos amigos se compartilhar uma foto, o que elimina aqueles que só querem ver sem compartilhar. Algumas pessoas desativam a localização por motivos de privacidade, já que o app funciona em tempo real.

Ben Telerski, 21 anos, estudante da Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, é um ávido usuário de redes sociais e ingressou no aplicativo em agosto passado.

“O que eu gosto no BeReal é que sou capaz de fazer conexões com meus amigos através das mídias sociais em uma plataforma que não incentiva curtidas, comentários ou ser artificial […] apenas mostrar a seus amigos o que você está fazendo no momento em que o alerta diário dispara”, diz Telerski, que faz mestrado em governabilidade.

Telerski diz que as postagens que ele vê no aplicativo geralmente são mais autênticas em comparação com outras plataformas de rede social.

“Tento postar assim que vejo a notificação, mesmo que esteja apenas sentado na cama ou caminhando para a aula”, diz ele. “Acho que a quantidade de autenticidade depende da persona que cada pessoa cria na rede social. Se alguém tenta manter sua presença na mídia social altamente tratada e produzida, o BeReal não é o aplicativo a ser usado por essa pessoa”.

O que acontece se você não postar dentro de dois minutos?
Quando você clica na notificação diária do BeReal, sua câmera abre dentro do aplicativo junto com um cronômetro com uma contagem regressiva de dois minutos. Você tem até o tempo acabar para tirar uma foto do que está na sua frente. Ao mesmo tempo, sua outra câmera tira uma selfie.

O aplicativo compartilhará as duas imagens. Você pode refazê-las a qualquer momento durante os dois minutos e compartilhá-las com os amigos quando estiver pronto.

O BeReal também permite que os usuários tirem a foto e a publiquem no final do dia. Mas permite que seus amigos saibam quantas horas depois da notificação que você postou. Em resumo, isso te expõe por sua falta de espontaneidade.

Por que as pessoas estão usando?
O BeReal aproveitou o marketing nos campi universitários. Ele recruta jovens por meio de seu programa de embaixadores universitários, que permite que os alunos organizem eventos que educam outras pessoas sobre o aplicativo.

Telerski acredita que o aplicativo é popular porque é um antídoto contra as pressões para parecer perfeito online.

“Tenho visto muita cobertura de notícias ultimamente sobre os impactos negativos na saúde mental que as redes sociais têm na Geração Z. Não sei se o BeReal está tentando combater diretamente esse problema, mas certamente está avançando em direção a esse objetivo”, diz ele.

Morgan Nott, de 26 anos, administra uma casa de chá em Reno, no estado americano de Nevada, e é novata no aplicativo. Ela começou a usá-lo na semana passada por sugestão de um amigo. Nott diz que acha revigorante ter um vislumbre não-retocado e não-idealizado da vida de outras pessoas.

“É a autenticidade dele que o torna tão atraente. Os usuários não são tão glamourizados ou falsos como alguns podem se retratar em outras plataformas”, diz ela. “É algo diferente”.

Em um comunicado, a BeReal diz que seu objetivo é criar “uma alternativa às redes sociais viciantes” que se concentram em acumular influência, diz.

“O BeReal é a sua chance de mostrar aos seus amigos quem você realmente é”, diz a empresa. “O BeReal não vai te tornar famoso, se você quiser se tornar um influenciador, pode ficar no TikTok e no Instagram”.

As postagens do BeReal são realmente tão autênticas?
O aplicativo não lhe dá muito tempo para colocar maquiagem ou encenar o ambiente antes de tirar e postar fotos.

Mas alguns usuários ainda podem tentar organizar suas vidas para o aplicativo.

“Existe o potencial de ser tão artificial no BeReal quanto as pessoas tendem a ser em outras plataformas”, diz Telerski. Algumas pessoas podem ignorar a notificação para postar em um determinado horário e esperar para postar até que estejam bem vestidas e saindo para jantar com os amigos, diz ele.

“Esse não é o espírito do BeReal e derrota inteiramente o propósito”, diz ele. “O BeReal deveria estar cheio de fotos de (pessoas) andando, fazendo suas tarefas e lição de casa e sentados na cama assistindo Netflix”.

Os jovens com quem a CNN falou não têm planos de desistir do Instagram, TikTok e outros aplicativos de mídia social.

Nott diz que planeja continuar baixando a guarda no BeReal – e continuar postando em outras plataformas de mídia social também.

Telerski diz que tenta manter um certo nível de autenticidade nas redes sociais, independentemente da plataforma. A autenticidade é determinada por uma pessoa, não por um aplicativo, diz ele.

“Para aqueles que pensam que precisamos de um novo aplicativo de mídia social para sermos verdadeiramente autênticos, talvez devêssemos tomar isso como um sinal para sermos mais autênticos nas redes sociais em que estamos presentes”, diz ele.

“Pense no que a mídia social foi originalmente planejada – conexão real através da família e amigos acompanhando sua vida. Talvez devêssemos voltar a isso”.

Ultimas notícias

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here