A novidade da Polaroid é uma impressora de bolso

Os mais velhos guardam boas recordações das câmeras polaroides. Apenas um minuto depois de tirar a foto, era possível imprimi-la. Os retratos instantâneos tornaram-se um fenômeno pop, a ponto de a marca americana ser uma das mais valiosas do mundo na década de 70. Com o advento das fotografias digitais, a Polaroid perdeu espaço até deixar de fabricar suas inconfundíveis câmeras a partir de 2008. Desde então, a empresa sobrevive com lançamentos esporádicos de produtos inspirados no estilo que a consagrou. A novidade é uma impressora de bolso, vendida por 100 dólares, que é conectada com smartphones via bluetooth. Ela imprime fotos que são à prova d’água e com o verso aderente, que permite que sejam colocadas onde a pessoa quiser. A ideia da Polaroid é aproveitar a popularidade de aplicativos como o Instagram e se aproximar das novas gerações.

Publicado em VEJA de 16 de setembro de 2020, edição nº 2704

Ultimas notícias

Marido de Paulo Gustavo publica foto de ‘Dona Hermínia’ em homenagem ao Dia das Mães

O marido de Paulo Gustavo, o dermatologista Thales Bretas, prestou homenagem ao Dia das Mães em seu perfil nas redes sociais, neste domingo, 9,...

Família dos EUA cria banda na quarentena e faz sucesso nas redes sociais

Uma família da cidade de Nova York resolveu passar o tempo do isolamento social usando suas habilidades com violão e guitarra para montar a...

Luiz Araújo se entusiasma com o São Paulo de Crespo e sonha em desbancar o PSG de Neymar

Formado nas categorias de base do São Paulo, Luiz Araújo deixou o clube há quase quatro anos, mas segue sem esquecer de suas raízes....

Dani Alves fala sobre grau de lesão e explica por que passou braçadeira para Miranda 

Daniel Alves, lateral e meio-campista do São Paulo, abriu a caixa de perguntas na ferramenta “Stories”, do Instagram, para interagir com os seus seguidores,...
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com