Anvisa diz que Willian está proibido de atuar pelo Corinthians no domingo

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou uma nota oficial na noite deste sábado, 11, informando que o atacante Willian, do Corinthians, está proibido de enfrentar o Atlético-GO, neste domingo, 12, pelo Brasileirão, pois ainda não cumpriu 14 dias de quarentena. O órgão determina que qualquer viajante que passou pelo Reino Unido deva ficar recluso por esse período de dias como medida de prevenção contra a Covid-19.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

O atacante desembarcou no Brasil no dia 1º de setembro e, segundo a Anvisa, assinou o Termo de Controle Sanitário do Viajante (TCSV), comprometendo-se a cumprir as regras sanitárias vigentes no país.

“O jogador está impedido de participar de atividades como treinos e partidas de futebol, devendo cumprir o autoisolamento, sob pena de responsabilização civil, administrativa e penal”, escreve na nota.

O Corinthians divulgou a lista de relacionados para a partida em Goiânia e não incluiu o nome de Willian, que estava treinando normalmente com o restante do elenco do clube paulista.

A Anvisa também avisou que pretende notificar o Flamengo no caso do jogador Andreas Pereira, que jogou contra o Santos no dia 28 de agosto. Segundo o órgão, o jogador também preencher o TCSV e deveria ter feito a quarentena.

“Diante dos fatos, a Anvisa comunicou o CIEVS local para adoção das medidas sanitárias cabíveis, no sentido de punir o jogador e os demais envolvidos na organização da partida, sem prejuízo da avaliação quanto à responsabilização civil, administrativa e penal dos envolvidos”, escreve sobre o caso do Andreas.

No domingo passado, a Anvisa suspendeu a partida entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias, em Itaquera, após determinar a deportação de quatro jogadores da seleção argentina que entraram em solo brasileiro descumprindo as regras sanitárias do país

Ultimas notícias