Após carta de Bolsonaro, Lira coloca precatórios no topo das prioridades

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, diz que depois da carta do presidente Jair Bolsonaro o país tem obrigação neste momento de trabalhar para acabar com a pandemia, diminuir o desemprego e solucionar os precatórios. A solução dos precatórios nesta seleta lista de problemas elencados por Lira tem um motivo especial: se o parcelamento dos 90 bilhões de reais que o governo tem a pagar de precatórios no ano que vem não for resolvido, não haverá orçamento para os bilhões de reais em emendas de relator que podem ser usadas pelos parlamentares para obras em suas regiões, em ano de eleição. Uma das soluções para os precatórios tinha sido proposta pelo presidente do Supremo, Luiz Fux, mas que ficou em suspenso depois que Bolsonaro entrou em rota de colisão com os ministros. Agora, com a carta, Lira entende que existe a oportunidade de um recomeço.  

Ultimas notícias