Daniel Alves não joga mais pelo São Paulo, diz diretoria do clube

A diretoria do São Paulo afirmou nesta sexta-feira, 10, que Daniel Alves não joga mais pelo clube. Em vídeo divulgado nas redes sociais do clube, o diretor de futebol Carlos Belmonte, que estava ao lado do coordenador e ídolo Muricy Ramalho, confirmou que o atleta não aceitou mais vestir a camisa tricolor, em decorrência de uma dívida que gira em torno 11 milhões de reais do clube com o jogador.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

O São Paulo chegou a fazer uma proposta para negociar o pagamento atrasado com o atleta. Os representantes do atleta, porém, recusaram a oferta. Assim, os responsáveis anunciaram que Daniel Alves não voltaria da seleção brasileira ao time da capital paulista. Assim, a diretoria decidiu retirar o lateral-direito do elenco.

“Daniel Alves e Miranda estavam servindo a seleção brasileira e deveriam se apresentar hoje para começarem os treinamentos normais visando os próximos jogos. Miranda compareceu, treinou normalmente. Daniel Alves não compareceu. Fomos comunicados pelos representares que o Daniel Alves não retornará ao São Paulo até o ajuste da dívida financeira que o São Paulo tem com o atleta. Dívida essa que o São Paulo reconhece e na última semana fez uma proposta buscando o acerto, que não foi aceita pelos representantes. A negociação seguirá com o departamento jurídico e financeiro. Do ponto de vista do departamento de futebol, nós tomamos a decisão e comunicamos ao Hernán Crespo que Daniel Alves não estará mais a disposição para atuar no time do São Paulo. Vale sempre lembrar que o São Paulo é mais importante que todos nós. Ninguém é maior que o São Paulo Futebol Clube”, comunicou Carlos Belmonte.

Daniel Alves atuou 95 vezes pelo São Paulo e marcou 10 gols, foi assistente de 14 tentos e participou da conquista do Campeonato Paulista de 2021. O atleta, porém, acumulou polêmicas extracampo, especialmente nos últimos meses.

Ultimas notícias