Morre o cardeal Dom José Freire Falcão, arcebispo emérito de Brasília, vítima da Covid-19


Religioso, de 95 anos, estava internado desde 17 de setembro em hospital particular. Arquidiocese lamentou morte de sacerdote: ‘Sua ausência é sentida profundamente’. Cardeal Dom José Freire Falcão
Arquidiocese de Brasília/Divulgação
O cardeal Dom José Freire Falcão, arcebispo emérito de Brasília, morreu, neste domingo (27), vítima da Covid-19. O religioso tinha 95 anos e estava internado em um hospital particular da capital desde 17 de setembro.
Segundo informações da Arquidiocese de Brasília, o sacerdote foi internado após tentar positivo para o novo coronavírus. Em seguida, em 24 de setembro, Dom Falcão teve piora do quadro respiratório renal e precisou ser intubado.
“Sua ausência é sentida profundamente por toda a Arquidiocese de Brasília, amigos e fiéis”, disse a arquidiocese.
LEIA TAMBÉM:
PESAR: padre Cássio Augusto, pároco de Ceilândia, morre por Covid-19
VIDAS PERDIDAS: capital registra mais 13 mortes e soma 10.395 vítimas da Covid-19
A entidade religiosa disse ainda que Dom José deixou “numerosas obras pastorais” durante os 20 anos que atuou na igreja. Ainda não há informações sobre o velório.
O governador Ibaneis Rocha (MDB) lamentou a morte do sacerdote. Em uma rede social, o chefe do Executivo disse que “Brasília perde um de seus maiores guias religiosos”.
Ibaneis Rocha comenta sobre morte de arcebispo, em Brasília
Twitter/Reprodução
Neste domingo (26), a capital registrou mais 13 mortes e 655 novos casos de Covid-19. Com os novos registros, o total de óbitos passou para 10.395 e o de infectados chegou a 491.564, segundo dados da Secretaria de Saúde.
Sonho
Cearense, José Freire Falcão nasceu em 23 de outubro de 1925. Segundo a Arquidiocese de Brasília, ele foi incentivado pela família a realizar o próprio sonho: ser sacerdote.
Dom José Freire Falcão morreu vítimas da Covid-19, no DF
Collegiumcardinalium/Reprodução
O religioso entrou para o seminário, em Fortaleza, aos 14 anos. Em 1949 ele se tornou padre e, em 1967, foi feito bispo, no Ceará.
Em 1971, Dom José Freire se tornou arcebispo no Piauí, onde permaneceu até 1984, quando foi transferido para Brasília.
Dom José se tornou cardeal em 1988. Em 2005, ele participou inclusive do funeral de João Paulo II e do conclave que elegeu o Papa Bento XVI. O sacerdote foi o segundo arcebispo de Brasília, ficando à frente da Arquidiocese entre 1984 e 2004, quando se aposentou.
No trabalho como arcebispo, a Arquidiocese disse que o religioso ordenou diversos padres e criou várias paróquias na capital. “Ainda em seu governo, preparou a recepção ao Papa em 1991, criou a Casa do Clero e estimulou os movimentos eclesiais, entre outros trabalhos”.
Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Ultimas notícias